7.3.07

24 horas, 1440 minutos, 86400 segundos... parecem tantos, mas, na verdade, é que são, cada vez mais, insuficientes...

Costumamos dizer, "não tenho tempo pra nada", "tenho que arranjar tempo pra isto, para aquilo!"... enfim, parece ser a marca do nosso tempo, da época em que vivemos...

Regra geral, a falta de tempo reflecte-se, nas pessoas... não nas coisas, mas nas pessoas...

Quando "nos falta tempo", acabamos por descuidar das pessoas... sejam amigos, família, enfim...

Já perdi a conta às vezes que tive e tenho que pedir desculpa por não ter tido tempo... e isso faz-me sentir estranha... as pessoas que me rodeiam, mesmo as que estão longe, são o que de mais importante tenho na vida e, contudo, deixo que seja o tempo a dominar a minha existência e a marcar o compasso...

Não se pode "esticar" o tempo, "alargar" o dia... mas posso rever as minhas prioridades e dedicar-me mais às pessoas... felizmente, ainda vou a "tempo"!! :D


"Escolher o tempo próprio é ganhar tempo."
Francis Bacon
 
posted by Lucie L at 7.3.07 |


4 Comments:


At 3/07/2007 10:14 AM, Blogger Visi

O TEMPO É O QUE FAZEMOS DELE...E COM ELE....


Cabe-nos ponderar sobre como utiliza-lo e muitas vezes evitar desculpas para as nossas fraquezas.

o sábio sabe utiliza-lo, reparti-lo, vivê-lo....

Empreender os nossos esforços em prol do que é bom e agradavel:TER TEMPO PARA OS QUE NOS SAO QUERIDOS!


(o gatinho deu forte e feio, hein???:):)VALEU!!!!!!!!!!!!

 

At 3/09/2007 4:13 AM, Blogger Alien David Sousa

Quando queremos, quando as pessoas nos são realmente importantes arranjamos um BURACO NO TEMPO só para elas.
O tempo não é fácil de gerir, não é. Mas, se corrermos atrás do tempo aí é que nunca temos tempo. O truque é viver contra o tempo.É viver devagar.E fazer uma coisa de cada vez. Estar com uma pessoa de cada vez. Isto é estabelecer prioridades. Acho que aí é que está o truque, saber o que REALMENTE é importante para nós. E por em lista de espera tudo o resto.
Beijinhos

 

At 3/16/2007 3:13 PM, Blogger anjoedemonio

Fora de tempo pôs-se o sol
e a lua fora de tempo também
fora de tempo nasceram dois
filhos da mesma mãe

Fora de tempo brotaram da terra
flores e espinhos também
fora de tempo ficaram longe
mais longe do que convém

Fora de tempo o que era quente
gelou até matar tudo
se um cantava no silêncio
fora de tempo ouviu-se um grito mudo

O tempo também se engana
nas casas onde mora
o mau tempo que faz dentro
nem sempre é tão bom de fora

Fora de tempo o que era água
teimou em ser areal
fora de tempo já se notava
que um vê bem e o outro mal

Fora de tempo tudo voltou
ao tempo que era atrás
e dentro do tempo um partiu mais cedo
e o outro ficou para amar


Quando abri o blog e vi o tema, foi logo o que me apeteceu oir procurar.

Bom fim de semana!!!!

 

At 3/17/2007 12:10 PM, Blogger _+*A Elite in Paris*+_

Que linda ideia este vosso blog :) beijos enormes!