4.10.06
Uma das situações que me desagradam é saber a falta de oportunidade que dão aos nossos idosos.Essas pessoas maravilhosas não acabam as suas capacidades quando chega a reforma.Deveria ser, sim, o inicio de uma nova etapa, o tempo que têm disponivel deveria ser aplicado naquilo a que têm mais aptidão: O SER AVÓS! A inercia, talvez, do sistema, não lhes permite trabalhar como pessoas uteis, por isso penso que o melhor para eles seria DAR ACESSO ABERTO A TODOS OS VOLUNTÁRIOS PARAS SEREM AVÓS DE CRIANÇAS EM LARES, ORFANATOS.Juntava-se, então, o útil ao agradável pois qualquer criança necessita, não só de pão e educação, MAS DE CARINHO, AFECTO E UM COLO! Quantas pessoas idosas desejariam ter essa oportunidade? Oportunidade que não têm de se dar aos seus proprios netos, por estarem afastados deles, oportunidade de estarem em contacto com outras crianças, de ensinarem, dar-lhe apoio e direcção, um afago quando necessitam, a leitura antes de deitar, a experiência de um avô nas pequenas construções de um objecto, partilha de valores, o exemplo de força de caractér, que só um adulto experiente sabe dar!
A minha sugestão então é: AVÓS ADOPTIVOS .
 
posted by uma semente at 4.10.06 |


11 Comments:


At 10/04/2006 11:18 AM, Blogger uma semente

E eu assino por baixo!!!

É uma ideia brilhante e que bem estruturada seria uma benção para avós e netos ADOPTIVOS.
Há tante gente que precisade um carinho... esse era uma passo muito importante para fazer algo pelos que foram os responsáveis por estarmos hoje aqui. Os nossos AVÒS!!!

A eles que nos deram tudo, o meu OBRIGADO.

Beijos a todos

emn***

 

At 10/04/2006 11:48 AM, Blogger LuciaLourenço

A aprendizagem que podemos fazer com os nossos avós é muito importante e fundamental para o nosso crescimento enquanto pessoas!!

A valorização dos idosos e o estabelecimento de contacto com os mais novos é tremendamente positiva, pois além de combater a solidão, o isolamento social... permite uma troca de experiências de vida incrível e muito positiva para todos!!

 

At 10/04/2006 12:26 PM, Blogger BroTTas

uma ideia fantastica....

 

At 10/04/2006 3:11 PM, Blogger Cláudia

Gosto muito desta ideia...mas infelizmente é muito dificil de concretizar!
Eu tive a estagiar num lar e um dos meus projectos era exctamente este...avos adoptivos.
Foi muito dificil fazer articulação com as escolas... e quem aceitou só impunha condições!
Mas eu estou cá seja para o que for...os nossos idosos precisam de carinho e as crianças também precisam de alguem que tenha muita experiencia de vida

 

At 10/04/2006 7:54 PM, Blogger ME

Acho que realmente tens razão, o facto de se ser reformado nao quer dizer que as nossas vidas tenham de acabar. Ser avó deve sem duvida ser umas das coisas que todos nós queremos quando chegamos a uma certa idade. Mas avós adoptivos, isso nao sei se posso concordar contigo. Quando trazemos uma criança pequena para casa, ao fim de algum tempo, apaixonamo-nos por essa criança, e depois?? E quando voltam lá para a ir buscar, como ficam as pessoas?? Acho que deve ser muito doloroso... nao sei se estou bem de acordo...

 

At 10/04/2006 9:13 PM, Blogger uma semente

Me...avos adoptivos seria para irem visitar as crianças, ~fazer-lhes compnhia durante o dia.Mas percebo-te, de qualquer modo valeria sempre a pena.

 

At 10/05/2006 3:32 PM, Blogger jomaolme

Concordo!! E essa é realmente uma EXCELENTE ideia!!
Espero que nem esta nem outras possiveis ideias morram por aqui...

Beijokas

 

At 10/05/2006 7:20 PM, Blogger ME

Ah ok, assim seria sem duvida algo de muito positivo. Poderem ir aos "lares" (odeio esta palavra) para visitarem as crianças, bricar, dar miminhos beijinhos, tal como nós fazemos cm os nossos bébés. Sim e uma boa ideia, mas acho que seria dificil tanto para os avos adoptivos tanto quanto para as crianças.
Vou te contar uma historia, veridica. Eu dei explicações de ingles a uma menina, ela tinha na altura, 10 anos talvez, a menina era adoptada, ou melhor é adoptada. Os pais dela, adoptivos, sao pessoas maravilhosas e adoram a miuda, que hoje já e uma mulher.. mas adoram na mesmo sabes aquele amor incondicional, ela sabe que foi adoptado. A mae dela trabalha aqui num sitio onde há muitas crianças abandonadas, no CEBI, eles tem uma "ala" somente para crianças que tiveram a infelicidade de terrem nascidas de pais de merda, e entao colocam nos ali naquela instituição. As senhoras que la trabalham no natal, passagem de ano podem trazer meninos para casa, para eles não ficarem sozinhos ali metidos. Ela claro todos os anos, traz para casa 1 ou 2 pequenos, 2 / 3 anos... e sabes o que ela me esta sempre a dizer, que por ela guardava os todos. Que fazia como fez pela carina, adoptava os a todos... isto porquê porque ganha uma tal afectividade com as crianças que lhe custa muito ve los ali, sem ninguem... por isso acho que para pessoas de idade, que na sua maioria infelizmente tamb+em se sentem abandonadas, seria ainda mais dificil... nao sei miga, nao sei bem o que pensar. Mas sim claro que dar umas horas que sejam de felicidade a pequenos bebes e crianças vale sempre sempre a pena~.

Beijinhos grandes a todas voces

 

At 10/06/2006 10:04 AM, Blogger uma semente

Eu compreendo!!! Mas SE COLOCARMOS DE LADO ESSE LADO DE QUE AS PESSOAS DEPOIS SOFREM...BOM...DEIXAMOS DE VIVVER E CRAI NO PRESENTE. Talvez essas crianças e esses avos NESSE MOMENTO SEJAM FELIZES....depois, bem, depois haverá uma nova estapa. Não devemos nunca de deixar O HOJE EM FUNÇÃO da HIPOTESE DO FUTURO (que não sabemos qual será)

 

At 10/06/2006 2:51 PM, Blogger EMN

Acho que pegando numa ideia crua assim e trabalhá-la pelo melhor, provávelmente poderia-se chegar à concretização de algo maravilhoso.
Todos estes projectos têm um ou dois senãos, mas as coisas bem pensadas até fariam sentido. Há muita criança e pessoas, abandonadas neste mundo, sem uma mão sem um carinho, que as faça levantarem-se todos os dias com um objectivo.

É algo que vale a pena lutar.

emn***

 

At 10/07/2006 12:52 AM, Anonymous Fernando

A ideia é excelente.... Mas indo mais longe... Eu diria:
Nada de "visitas"!!! Mas sim de vivência em comum!!!!
Os lares e as escolas partilhariam as mesmas instalações (sei que é pedir muito) Os funcionários da escola e do lar seriam ajudados por voluntários, os "Velhotes", e nos tempos de intervalos, e pós aulas, seria,(penso eu) mais fácil de se criarem elos entre os miúdos e os "Velhotes". Os "Velhotes" seriam os acompanhantes ideais para os tempos que hoje são os ATL...Tão bons que eram os lanches da minha avó!!!!
Será que isto funcionaria??? Ou só na minha cabeça!!!!